X Fechar
Clareamento Dental

 


Clareamento Dental
Conheça o procedimento e como funciona

 



  • Meus dentes podem ser clareados?
    Sim. Qualquer pessoa pode ter seus dentes clareados, desde que eles estejam íntegros, sem muitas restaurações.

    Como funciona o clareamento dental?
    As moléculas dos géis oxidantes (liberadores de oxigênio) penetram na intimidade do esmalte e da dentina, liberando oxigênio que, por sua vez, "quebra" as moléculas dos pigmentos causadores das manchas.

    Posso fazer sozinho ou preciso ir ao dentista?
    Não se recomenda clarear os dentes sem orientação profissional. Seja no consultório ou em casa, sempre deve haver monitoramento do dentista.

    Os produtos usados no clareamento são seguros à saúde geral?
    Sim. Como outros produtos e medicamentos usados na Medicina e Odontologia, se usados corretamente conforme orientação, os produtos usados no clareamento não promovem nenhum prejuízo à saúde geral.

     
  • Eles provocam danos à gengiva?
    Não, desde que o paciente faça tratamento supervisionado e não use produtos vendidos pela TV ou em supermercados. O dentista confecciona uma moldeira individualizada que cobrirá somente a superfície dental, evitando, assim, que o agente clareador tenha contato direto e contínuo com a gengiva.

    O dente clareado fica enfraquecido?
    Não. A estrutura dental não é afetada.

    O clareamento altera as restaurações já existentes?
    Não. Mas o paciente precisa saber que talvez tenha que trocar ou retocar as restaurações antigas: uma vez que as restaurações não sofrem ação dos clareadores, parecerão mais escuras frente aos dentes clareados, causando desarmonia estética.

    Posso fazer clareamento em qualquer idade?
    Sim. Não há contra-indicação específica quanto à idade. A partir dos 10 anos, é aceitável.

    O dente clareado pode escurecer novamente?
    Sim. Mas nunca como era antes. Após 1 a 2 anos, pode haver a necessidade de uma manutenção, que é feita em 2 ou 3 noites.

    Quais as contra-indicações do clareamento doméstico?
    Por precaução, deve-se evitar o tratamento em gestantes e lactantes.

    Orientações sugeridas por Mario Sergio Limberte - Especialista em Prótese Dental e Ministrador da EAP - APCD - São Paulo. REVISTA DA APCD V. 52, Nº 6.





     
  • Horário de Funcionamento
    Seg. á Sex. das 08:00 ás 18:00
    2017 © Todos os Direitos Reservados

  • Acesso Rápido
    Institucional | Atendimentos | Unidades | Relacionamento

  • MCM Odontologia
    Fones: (11) 4231-2432
    © Todos os Direitos Reservados

  • Créditos
    Viseon do Brasil